BANG beat FP

De uns tempos pra cá, venho me interessando por duas coisas que era desfoco no meu cotidiano, uma delas é a música eletrônica. Das suas vertentes nascem ramificações de sons eletrizantes, contagiantes, um lance de alma. Sintetizadores, softwares, gravadores, pcs… Digital e Potente. A minha primeira vez com esse som foi na primavera de 2002 (eu, 13 anos) num evento de rua, acompanhado pela minha irmã e uma amiga dela. Entre as veias da bem populosa região do charmoso bairro Pompéia (SP) avisto uma barraca com vários CDs à venda. Observei [Naquela época, CD era a última geração!]. Ao fundo, me identifico com uma batida gostosa, permeando samba com eletrônico rap/funkeado, além de uma voz doce, quase lírica, muito vigorosa. Parei para escutar. Gostei do que ouvi. Pedi à minha irmã comprar aquele CD pra mim. Ela comprou. =D Desde então não a perdi de vista e nem de ouvidos. Escolhi e ganhei aquele disco e foi uma das melhores coisas que eu podia ter recebido até então. Quanto aprendizado eu obtive ali: músicas e letras fortíssimas, originais, intrigantes. Curioso, fui desvendar sobre aquela moça que amacia tímpano. A paulista, nascida em Serra Negra, é especializada em Drum ‘n’ Bass e Bossa Nova. Estudou música lírica e é multi instrumentista, conhecida e respeitada internacionalmente. A mais tocada nas casas noturnas europeias. Gente boa aqui sabe de quem eu tô falando. Altas festas já foram embaladas pela energia desta ruiva. Cabe a nós o interesse, respeito à arte e a nós mesmos. E como muita gente conhece, sempre rola um que fica de fora. Pra quem não teve a chance de saber mais sobre a Fernanda Porto, cola em mim que agora é a hora!

fernanda porto 2

Uma carreira consolidada, reservada e atemporal. Contribui calorosamente para o repertório musical. Gratidão por sua ARTE

Fernanda Porto

BOOM BEATS da dona da vOz

 

 

 

SAIBA MAIS SOBRE FERNANDA PORTO E APRECIE SEM MODERAÇÃO:

Site Oficial (clique aqui)

Facebook Oficial Fernanda Porto

YouTube Oficial Fernanda Porto

fernanda porto 1

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.por

resenha-para-blog-calendario-20152016